Detran-BA tem previsão de começar a emitir CNH digital em até 10 dias

Em no máximo 10 dias, o Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) começará a emitir a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) digital para os motoristas que já possuem a versão impressa do documento com QR Code (código de barras usado na web).

Opcional, a versão ‘high-tech’ da carteira de motorista, que custará R$ 95 para ser obtida aqui, poderá ser apresentado pelos condutores em aparelhos eletrônicos como smartphones, sem a necessidade de uso da internet, em casos como esquecimento ou perda da original.

A informação de que o estado dará início à emissão foi confirmada na última sexta-feira à reportagem pelo diretor de habilitação do órgão estadual de trânsito, Mário Galrão. A confirmação aconteceu dois dias após o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) adiar para o dia 1º de julho, o prazo para que os Detran’s se adaptem ao novo mecanismo.

Segundo Galrão, o início da emissão da CNH digital no estado da Bahia depende apenas de uma autorização do Denatran, que precisa permitir a conexão do sistema do Detran baiano com da Serpro. A empresa estatal, ligada ao Ministério da Fazenda, é responsável por gerir sistemas tecnológicos de órgãos públicos federais.

“Após a autorização, o Detran irá realizar o teste e, em no máximo dez dias, quem quiser já poderá emitir. Acho que vai ser até antes, mas ainda falta esse pequeno passo”, afirmou Galrão.

Ele explicou ainda que o nova ferramenta tecnológica tende a reduzir o número de autuações de motoristas por dirigir sem a CNH. Em 2017, de acordo com dados enviados à reportagem pelo Detran-BA, foram pegos 31.899 condutores nessa situação. Já em 2016, esse número chegou a 32.540. (A TARDE MUNICIPIOS)

Comente esta matéria