Político ficha-suja é ‘irregistrável’, afirma Fux

Novo presidente do TSE diz que político condenado em 2ª instância não poderá concorrer nem com liminar

Empossado na terça-feira presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para um mandato de seis meses, o ministro Luiz Fux afirma que, nas campanhas deste ano, não haverá espaço para candidatos que não cumpram os requisitos estipulados pela Lei da Ficha Limpa. Ele avisa que político condenado em segunda instância não poderá concorrer nem mesmo com uma liminar da Justiça.

Comente esta matéria