Alckmin e Temer ensaiam aproximação para as eleições presidenciais

Presidente e tucano se encontrarão pessoalmente e aparam arestas que travam uma aliança eleitoral

O calendário eleitoral e a necessidade de evitar o lançamento de muitas candidaturas de centro estão levando PMDB e PSDB a dar os primeiros passos numa aproximação com vistas à eleição de outubro. Se o presidente Michel Temer admitiu, em entrevista ao “SBT” no domingo, abrir mão da tentativa à reeleição para apoiar outro nome, incluindo Geraldo Alckmin na lista, ontem foi a vez do tucano confirmar que os dois já conversaram sobre a possibilidade de unir as forças de centro em outubro. Os dois devem se encontrar pessoalmente ainda esta semana.

— Foi só por telefone — afirmou Alckmin, ao participar de um evento em Mesquita, na Baixada Fluminense. — Acho que as coisas só vão se definir em julho.

Comente esta matéria