Eleições 2018

POR LETÍCIA SANDER, DIRETORA DA SUCURSAL DE SÃO PAULO


Olá, bom dia.

A insistência do PT em manter o nome de Luiz Inácio Lula da Silva como presidenciável, apesar de decisões que barram a candidatura, abriu um novo flanco judicial: programas do partido no rádio e na TV estão sendo alvo de ações judiciais.

Ontem, o TSE barrou duas propagandas exibidas no sábado. Em uma das decisões, o ministro Carlos Horbach escreveu que as peças “confundem o eleitor e criam estado emocional de dúvida” não só sobre a candidatura, mas também em relação à autoridade da Justiça Eleitoral que, na sexta-feira, decidiu que o petista está impedido de concorrer.

O PT anunciou que vai ao STF e à ONU para tentar manter Lula candidato. O TSE, na sexta-feira, deu 10 dias ao partido para substituir Lula na chapa. Tudo indica que, ao menos até lá, Fernando Haddad, o vice que assumirá a candidatura, permanecerá no banco de reservas.

Fonte: O GLOBO

Comente esta matéria