Com Alcolumbre, gastos com diárias de senadores aumentam 154%

Por Gabriel Mascarenhas

Os gastos do Senado com pagamento de diárias às suas excelências explodiram desde que Davi Alcolumbre se sentou na cadeira de presidente. A grana, que pinga quando um senador viaja ao exterior em missão oficial, deve custear despesas básicas, como alimentação e hospedagem.

Aos números: de fevereiro a maio, o Senado já gastou R$ 329 mil com diárias. Isso representa um aumento de 154% em relação aos R$ 129 mil desembolsados no mesmo período do ano passado e 111% mais do que os R$ 155 mil referentes aos cinco primeiros meses de 2017.

Alcolumbre não discrimina na farra. Os cofres se abrem a parlamentares de todas os matizes.

Quem lidera o ranking das diárias é a senadora de primeiro mandato e representante da tal nova política Soraya Thronicke (PSL-MS), que recebeu R$ 20,8 mil no período. Em seguida, coladinho, vêm Roberto Rocha (PSDB-MA), com R$ 20,6 mil, e a paraibana e também debutante Daniela Ribeiro (PP), que já levou R$ 20 mil.

Fonte: Coluna de Lauro Jardim- O GLOBO

 

Comente esta matéria