Dos 417 municípios baianos, 289 estão em áreas suscetíveis à desertificação.

No Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado no dia 05, o governador Jaques Wagner (PT)  assinou o decreto da instituição do Programa de Combate à Desertificação e Mitigação dos Efeitos da Seca. Segundo o diretor geral do Instituto de Gestão das Águas e Climas (Ingá), Júlio Rocha, o programa é pioneiro no país e contará com análises de campo e discussão com a comunidade dos municípios em áreas áridas e semi-áridas, as mais suscetíveis à desertificação.

As 58 cidades da Bahia localizadas nessas áreas serão contempladas no programa realizado em parceria com a Universidade Federal de Feira de Santana (Uefs).

O processo de desertificação é lento e ocorre por diversas razões, entre elas fatores climáticos e a ação nociva do homem como, por exemplo, na extração irregular de madeira e cultivo de monoculturas.

De acordo com a coordenadora de gestão socio-ambiental participativa do Ingá, Ana Paula Dias, o município de Rodelas, situado ao norte do Estado e distante 540 Km de Salvador, já se encontra em estado de desertificação. Para a coordenadora, as cidades localizadas à nordeste da Bahia são mais propensas ao deserto. Além desses 58 municípios, outros 231 também estão suscetíveis ao processo de desertificação, o que corresponde a 55,4% do território baiano.

Estudos feitos pelo deputado federal Edson Duarte (PV-BA) indicam que cinco bilhões de hectares espalhados em 100 países, incluindo o Brasil, estejam com a qualidade do solo comprometida.

No Brasil, 13,52% da superfície está propensa à desertificação. O  parlamentar baiano alerta que para reverter essa situação é preciso recuperar os mananciais, criar áreas de preservação e educar a comunidade para o ambiente em que vivem.

Confira a lista dos 58 municípios: Guanambi , Malhada, Livramento de Nossa Senhora, Iuiú,  Sebastião Laranjeiras, Urandi, Palmas de Monte Alto, Matina, Igaporã ,Caetité, Candiba, Pindaí, Lagoa Real, Licínio de Almeida, Mortugaba, Ibiassucê, Caculê, Jacaraci, Irecê, América Dourada, Canarana, Barra do Mendes, Canarana, Barra do Mendes, Barro Alto, Cafarnaum, Jussara, Uibaí, Ibititá, João Dourado, Central, Lapão, Presidente Dutra, Ibipeba ,Itaguaçu da Bahia, São Gabriel, Juazeiro, Remanso, Sento Sé Casa Nova ,Sobradinho ,Campo Formoso, Jaguarari, Curaçá ,Abaré, Jeremoabo, Macururé ,Rodelas, Chorrochó, Paulo Afonso, Glória, Santa Brígida, Uauá, Canudos Pedro Alexandre ,Coronel João Sá, Novo Triunfo ,Antas, Cícero Dantas, Euclides da Cunha.

 

Fonte: Rádio Metrópole

 

Comente esta matéria