No fim, vencemos

Por: João de Tidinha

Revendo as diversas matérias que publicamos no FACE Informa, identifiquei uma que sintetiza o percurso da FACE, na qual faço referência ao então vereador Cláudio Lima, que tive o prazer de ter como Diretor de Combate a Corrupção nos primeiros anos de existência da FACE, e a quem tenho muito respeito e admiração pela sua história e coerência dos seus atos. Em uma entrevista a uma rádio local o Cláudio fez citação de uma frase do Mahatma Gandi, que retratava o estágio da FACE naquele momento, com apenas 5 anos de existência.

Na matéria publicada em agosto de 2011, relato a tentativa de intimidação do Deputado José Nunes, propondo uma ação judicial contra a FACE e a incredulidade de alguns euclidenses em relação aos nossos objetivos de combate a corrupção em Euclides da Cunha.

Sob o título “No fim, vencemos” segue a íntegra da matéria:

“Passado os festejos juninos, ao ler o Jornal A Tarde de domingo me deparei com duas matérias que tratam da corrupção e da impunidade, as quais me remeteram a 5 anos atrás, quando criamos a Associação dos Filhos e Amigos de Euclides da Cunha – FACE.

Uma das matérias de autoria do escritor e jornalista João Ubaldo Ribeiro, tem como título “Desonestidade é cultura”. Nela, ele comenta que “ninguém se espanta ou se discute, quando se fala que determinado político é ladrão. Já nos acostumamos, faz parte da nossa realidade, não tem jeito. Alguns desses ladrões são até simpáticos ….”.

A outra matéria é de autoria de Aninha Franco. Nela o tema desonestidade também é tratado, onde a autora, dia desses, confusa com tanta corrupção e impunidade, perguntou ao oráculo do espelho do elevador: “ Para que nascem pessoas honestas no Brasil? Não seria melhor que todos fossem corruptos? Ser honesto , no Brasil dói. …”

Na edição semanal da Revista VEJA, a escritora Lya Luft (leia matéria abaixo) afirma “Acho que andamos otimistas demais, omissos demais, alienados demais. Devemos ser pacíficos e ordeiros, mas atentos. Aplaudir o erro é insensatez, valorizar o nebuloso é burrice, achar que tudo está ótimo, é tiro no pé”.

O tema é bastante recorrente e abordado sob diversos aspectos, porém sempre com muita indignação.

Foi nesse contexto de indignação e com o propósito de despertar a cidadania dos euclidenses e contribuir par o combate a corrupção na política que criamos a FACE. Ao longo desse tempo já ouvi comentários e criticas de diversas formas. Ouvi de um ex-prefeito, que essa nossa iniciativa era uma bobagem, complementando com a frase: “os filhos da Tidinha devem estar com muito dinheiro para gastá-lo de uma forma tão inútil”. Ouvi também de um vereador antigo que “esse negócio de combate a corrupção é uma tolice, pois todos já estão contaminados”. Se não bastasse todos esses desestímulos, tivemos também o desprazer de ter uma ação judicial contra a FACE impetrada pelo Deputado José Nunes (Ex-DEM), sob a alegação de “abuso de poder econômico e uso indevido de veículos ou meios de comunicação”.

Ainda assim, seguimos em frente….

Decorridos esses 5 anos concluímos que o nosso trabalho não tem sido em vão. Percebo hoje claramente o apoio de diversos euclidenses às nossas iniciativas e vejo que os resultados estão surgindo. Fiquei extremamente satisfeito ao ouvir no último dia 22 na rádio Euclides da Cunha FM uma entrevista do vereador Cláudio Lima (Foto acima), onde ao final ele cita uma frase de Mahatma Gandhi que retrata bem o nosso estágio atual: “No inicio eles nos ignoram, depois nos ridicularizam, em seguida, nos combatem, no fim, vencemos.””

 

Comente esta matéria